Pedir Orçamento
Menu

6 formas de reduzir custos operacionais em projetos de construção civil

Iniciar uma obra em construção civil requer um investimento de capital significativo. Saiba como poderá reduzir custos operacionais de forma eficaz, enquanto mantém a qualidade do seu projeto.

Reduzir os custos operacionais de uma obra, mantendo a qualidade e segurança da mesma, é um dos maiores desafios das empresas de construção civil. Fazê-lo é mais uma questão de método e planeamento do que custos concretos, como o tipo de materiais utilizados. Porque, aí está, é importante reduzir os custos operacionais da obra, mas ainda mais importante garantir que ela seja feita com qualidade.
Na construção civil é o método e o planeamento que faz a diferença e estes 6 vão ajudá-lo a reduzir os custos operacionais.
#1 Tudo começa com o projeto de construção
O projeto de construção civil é a base para tudo o que irá acontecer. Quanto mais detalhado e quanto melhor analisar os custos, melhor será a otimização dos custos operacionais da obra. Um bom projeto de construção não dá espaços aos “desenrascanços” e aos desvios e imprevistos que podem surgir durante uma obra. Ou pelo menos, reduz estas ocorrências ao máximo.
#2 A frota também conta para reduzir os custos operacionais

A frota apresenta um custo significativo para uma empresa de construção civil. Um custo ao qual muitas vezes não se presta atenção. Seja para o transporte de materiais, reuniões com fornecedores ou clientes, não planear as rotas e os horários de utilização da frota é um erro.

O mesmo se aplica a uma frota antiga. Poderá considerar, por exemplo, renovar a frota e fazer uma aposta em viaturas híbridas ou elétricas, se possível. É um investimento que compensa a longo prazo e que em Portugal conta com os benefícios fiscais do Estado.

Outra dica: se para uma obra específica precisa de uma frota maior ou de um novo tipo de veículo, considere fazer uma parceria com uma rent-a-car. O investimento é bem mais pequeno e, assim que a obra acabe, devolve-a sem ter mais custos com uma viatura parada.

#3 Ferramentas: alugar, comprar ou até renovar

Sem ferramentas não há como trabalhar. E aqui, a primeira coisa a ter em consideração é a idade das ferramentas. Pergunte-se: existem ferramentas no mercado mais recentes e mais eficientes? Se sim, é muito provável que essas ferramentas valham a pena o investimento. Não só ajudarão a reduzir os custos operacionais, como o ajudarão trabalhar mais rápida e eficientemente.

Depois, existe a eterna questão, alugar ou comprar? Aqui terá de analisar as necessidades da sua empresa. Utilizarei esta ferramenta ao longo dos anos e com frequência? Se sim, então compre. Se não, aluguer.

Quanto às ferramentas, ainda um último ponto: a manutenção. Fazê-la com regularidade assegura que elas durem mais tempo, ajudando assim a reduzir os custos operacionais.

#4 Inovação, tecnologia e sustentabilidade

Ter estes pontos em consideração não só ajuda a reduzir os custos operacionais, como a longo prazo, reduzem os custos de manutenção da obra por parte do cliente.

Colocamos estes três fatores juntos, porque eles interligam-se na aplicação à construção civil. A tecnologia está a evoluir no sentido de obras mais sustentáveis e eficientes.

Isto quer dizer que deve ser feita uma aposta em materiais reutilizáveis ou amigos do ambiente. Aplicar técnicas de construção que garantam uma maior eficiência térmica e energética da obra, como uma boa impermeabilização, por exemplo. Deve ser feita uma aposta na utilização de fontes de energia renováveis durante a construção. A utilização de energia e de água deve ser bem planeada e a gestão de resíduos efetuada com rigor.

Em relação à gestão da equipa, está na altura de utilizar softwares que melhoram a organização da mesma e, por consequência, o seu tempo de resposta e eficiência.

#5 Privilegie a formação e a experiência da sua equipa
Quanto mais qualificada e experiente for uma equipa de operários de construção civil, mais eficientes serão. Isto até pode querer dizer que precisa de menos operários para fazer mais. Formação, know how e experiência reduzem os custos operacionais de uma obra. Ocorrem menos erros e as coisas são feitas com brio e mais rapidamente.
Colaborador Carul equipado com casaco térmico
#6 Considere aplicar os princípios do Lean Construction

Apesar de estarmos a falar de construção civil, o método Lean Construction foi desenvolvido pela Toyota após a Segunda Guerra Mundial. Foi este método que permitiu à Toyota aliar-se à imagem de uma marca fidedigna e eficiente.

O método Lean Construction assenta em 5 princípios e aplicá-los ajudará a reduzir os custos operacionais:

• Elimine o que não acrescenta valor

• Identifique o que o seu cliente mais valoriza e foque-se, essencialmente, nesses fatores

• Diminua a variabilidade: quais são os métodos, materiais e equipa que pode funcionar sempre bem em conjunto?

• Otimize o tempo, eliminando interdependências entre atividades diferentes como a canalização e o acabamento da obra;

• Perfeccionismo e transparência: o primeiro traz-lhe rigor, o segundo assegura que todos sabem o que está a acontecer, porque está a acontecer e para onde têm de ir.

Desentupir canos é uma das manutenções a realizar em casa que pode ser você a tratar. Descubra aqui mais 5 manutenções fáceis a realiza em sua casa.

Publicado em DicasPartilha

Escreva e carregue Enter para procurar

Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.

PT
EN PT