fbpx
Pedir Orçamento
Menu
Colaborador Carul com equipamento de segurança

6 dicas para garantir a sua segurança em obras

Garantir a segurança em obras pode ser um grande desafio. Conheça as nossas 6 dicas essenciais para assegurar a saúde e bem-estar de todos os membros.

A construção civil é uma área propensa a acidentes. Garantir a segurança em obras mesmo antes delas começarem é absolutamente crucial para evitá-los.

Com mais de 50 anos de experiência em construção, na Carul sabemos da importância em priorizar a segurança da nossa equipa, da obra e do ambiente que rodeia a obra.

Hoje partilhamos consigo um pouco dessa experiência com 6 dicas essenciais para garantir a segurança em obras. Seja um cliente, seja uma construtora, considerar estas 6 dicas são um bom primeiro passo para não ter surpresas desagradáveis.

Segurança em obras: estas são as nossas 6 dicas
#1 Equipamento de segurança para os trabalhadores

Não é só o colete refletor, botas e capacete. Na Carul entregamos a todos os colaboradores uma safety box da Berner. Aqui os nossos colaboradores têm logo acesso a um abafador de som, óculos protetores, máscara e luvas. Depois entregamos o capacete e umas botas que garantem diariamente a segurança em obras da nossa equipa. A segurança dos nossos colaboradores é prioridade.

Dependendo da tipologia de obras, depois aplicam-se diferentes equipamentos de segurança. Obras em altura exigem equipamentos de “escalada”, como os cintos de segurança. O manuseamento de materiais químicos também obriga a outros equipamentos de segurança específicos.

Sistema ETICS de moradia na rinchoa
#2 Equipamentos de proteção coletiva

Estes equipamentos para além de garantirem a segurança dos trabalhadores, também são importantes para garantir a segurança das áreas envolventes à obra e de quem possa por lá passar. Os andaimes, as escadas, as rampas e os elevadores são exemplos de equipamentos de proteção coletiva que asseguram a segurança em obras. 

Colaborador Carul equipado com casaco térmico
#3 Formação da equipa de construção
Educar para evitar comportamentos de risco. Uma equipa de construção com a formação correta em segurança e higiene no trabalho está menos propensa a comportamentos de risco. Não basta construir bem, tem de se construir em segurança.
#4 Manuseamento e depósito correto de materiais nocivos
Um exemplo prático: ainda existem casas, garagens e até escolas que têm amianto na sua construção. Este é um material com potencial risco cancerígeno. A segurança em obras passa também pela gestão correta destes materiais. Desde a forma como é retirado, até ao local onde é depositado e tratado.
#5 Fiscalização das obras
As obras têm de ser fiscalizadas, ponto. Seja qual for o tipo de obra. Algumas “empresas de construção” gostam de saltar ou encobrir este processo e isto é um risco muito grande para a segurança em obras. A fiscalização das obras por uma entidade competente deve ser feita de forma transparente e rigorosa.
Obra em Lourel de obra nova
#6 A construtora tem de ter um bom seguro
Todos os cuidados mencionados até aqui são essenciais para garantir a segurança em obras. Porém, todos sabemos que a construção civil é um trabalho propício a acidentes. Por isso, uma empresa de construção é obrigada a ter um seguro. Quanto melhor este seguro, mais salvaguardada está a integridade dos operários como de terceiros que possam ser afetados pela obra.

A nossa segurança em obras: a parceria da Carul e Berner

Na Carul trabalhamos em parceria com a Berner, uma marca que assenta a sua política em padrões de qualidade rigorosa. Destacamos, por exemplo, a sustentabilidade desta marca, comprovada por certificações da “European Recycling Platform” e da “Sociedade Ponto Verde”.

Descubra a gama de produtos da Berner aqui.

Publicado em DicasPartilha

Escreva e carregue Enter para procurar

Carrinho de compras
PT
EN PT